Sete homens são presos acusados de esquartejar jovem em Manaus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Sete homens foram presos na manhã desta quinta-feira (4), todos acusados de matarem e decapitarem um homem na rua Major Gabriel, no Centro de Manaus, crime ocorrido no último domingo (31).

A vítima teria sido morta por vingança, pela morte de Luciano Barbosa, o L7, filho do narcotraficante Zé Roberto da Compensa.

O corpo foi jogado na rua Praça Paulo Jacob, deixado em uma sacola plástica, com a cabeça para fora. A perna da vítima e a coxa, estava envolta em um lençol.

O homem ainda não foi identificado. Já os suspeitos moram no bairro Colônia Antônio Aleixo.

Segundo o coronel Márcio Leite, Comandante do CPA Leste, a identidade deles foi revelada por conta de um vídeo. “Ontem começou a circular nas redes sociais um vídeo de um crime brutal, envolvendo a guerra de facções no bairro Colônia Antônio Aleixo (…) A partir dessas imagens foi possível identificar os criminosos e começamos a fazer as diligências juntamente com a Polícia Civil, porque já tem várias investigações em andamento envolvendo essas quadrilha que disputam território para o tráfico”, diz o coronel.

Leia Também