Polícia prende 41 pessoas e cumpre 34 mandados de prisão em toda Manaus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

MANAUS (AM) – A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) deflagrou, com o apoio das polícias Civil e Militar, a operação Cidade Mais Segura em todas as zonas de Manaus. A ação, que aconteceu sob a coordenação do secretário de Segurança Pública, general Carlos Alberto Mansur, teve início na quarta-feira (1º/12) e resultou em 41 prisões, entre cumprimentos de mandados e flagrantes, além da apreensão de porções de drogas, balanças de precisão e mais de R$ 500 em espécie.

O general Mansur ressaltou o trabalho dos mais de 100 agentes envolvidos na operação. “Isso mostra que a segurança pública tem cumprido o seu papel. Nós estamos buscando cada vez mais realizar operações aqui na nossa cidade e no interior. Não paramos por aqui, hoje deflagramos essa operação com todas essas prisões e tivemos êxito”, disse.

Trinta e quatro pessoas foram presas em cumprimento a mandados de prisão por crimes como homicídio, roubo, estupro, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Outras sete pessoas foram presas em flagrante por tráfico de drogas.  

O diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), que coordenou a ação policial, delegado Alessandro Albino, disse que a operação Cidade Mais Segura, desde que foi lançada pela SSP-AM, em agosto deste ano, vem trazendo excelentes resultados.

“Desde que colocamos em prática a operação Cidade Mais Segura, nós estamos deflagrando várias ações para cumprimentos de mandados de prisão e de busca e apreensão pela cidade. O nosso intuito é retirar o maior número de pessoas condenadas pela Justiça e assim ter resultado positivo”, ressaltou o delegado.

Participaram da operação Cidade Mais Segura, os policiais da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop), Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCães), Força Especial de Resgate e Assalto (Fera) e Corpo de Bombeiros do Amazonas (CBMAM).

Leia Também