Omar Aziz diz que depoimento de Pazuello foi mais ‘sonso e dissimulado’ até agora na CPI da Pandemia

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

MANAUS – AM | Durante uma entrevista à GloboNews, na manhã dessa segunda-feira (21), o presidente da CPI da Pandemia, senador Omar Aziz, declarou que o depoimento do ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, foi o mais “sonso e dissimulado” até agora.

“Para cada fato vergonhoso dele no ministério (da Saúde), ele tinha uma versão. Foi o mais dissimulado”, disparou o senador.

Pazuello prestou depoimento à CPI na semana passado, com a proteção de um habeas corpus do Supremo Tribunal Federal.

Na manhã desta terça-feira (1º), foi a vez da médica Nise Yamagushi, apontada como uma das consultoras “paralelas” do governo federal e acusada de chancelar a tentativa de alteração da bula da cloroquina, para que o medicamento pudesse ser utilizado na prevenção à Covid-19.

Leia Também