Manaus é a capital brasileira que mais recebeu venezuelanos desde 2018

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Ao todo foram mais de 5 mil venezuelanos migrados para Manaus pela Operação Acolhida.

Desde abril de 2018, mais de cinco mil cidadãos venezuelanos migraram para Manaus. A cidade amazonense é a capital que mais recebeu essa população dentro do processo de interiorização, feito pela Operação Acolhida.

Os dados são da Organização Internacional para Migrações (OIM). De acordo com o levantamento feito pela organização, desde o início do processo, mais de 58,7 mil venezuelanos foram interiorizados em todo País, ou seja, passaram por processo de distribuição pelas cidades a partir da chegada ao Brasil por Roraima, que faz fronteira direta com a Venezuela.

Em segundo lugar, Curitiba é a cidade que mais recebeu migrantes do país vizinho. Foram 3,9 mil. São Paulo é a terceira capital que mais recebeu os venezuelanos, com 3,5 mil.

Já entre os estados brasileiros, o Paraná foi o que mais recebeu venezuelanos. De abril de 2018 até agosto deste ano foram mais de 9,7 mil, seguido por São Paulo, que abriu as portas para mais de 8,7 mil migrantes interiorizados.

Distribuição e deslocamento

Ainda de acordo com os dados da OIM, dos cidadãos venezuelanos que passaram pelo processo de interiorização no Brasil, 54,3 mil foram enviados aos estados por meio de avião, ou seja, 92% do total.

Nesse sentido, o relatório diz que apenas 4,3 mil migrantes foram interiorizados de ônibus, o equivalente a 7,4% do total.

Destes migrantes, 88% estavam viajando em família. Por outro lado, apenas 12% das pessoas viajavam sozinhas. O documento informa ainda que, do total, homens correspondem a 53% dos interiorizados. Já as mulheres representam 47%.

Leia Também