Publicidade

Secretário de Manacapuru procurado por estupro e assédio de cinco mulheres está foragido

Facebook
Twitter
WhatsApp

O secretário municipal de Assistência Social de Manacapuru, Rosinaldo Moura Cavalcante, 51 anos, está sendo considerado foragido pela justiça. O juiz Túlio de Oliveira Dorinho, da 1.ª Vara da Comarca de Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus), decretou a prisão preventiva dele pelo crime de assédio sexual e ainda a suspeita de um estupro.

De acordo com a delegada Roberta Merly, da Delegacia Especializada do município, cinco mulheres procuraram a especializada informando que foram vítimas de Rosinaldo. Após o crime, Rosinaldo supostamente oferecia vantagens para que elas não contassem sobre o crime, como o aumento de salário. Em caso de negativa, ele ameaçava as demitir.

“Ele me chamou na sala dele, assim que entrei trancou a porta, e já veio pra cima de mim, tocando nas minhas partes íntimas, e dizendo que queria fazer sexo comigo, me pressionou na parede e começou a se esfregar em mim, me causa nojo só de pensar”, relatou uma das vítimas, em depoimento.

Rosinaldo participou de um congresso evangélico em Belém do Pará e teria descoberto sobre o mandado de prisão, não voltando ao município.

Por meio de nota, a Prefeitura de Manacapuru informou que Rosinaldo foi exonerado do cargo na última sexta-feira (16). Ele continua sendo procurado.

ADVERTISEMENT

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!
Verified by MonsterInsights