Menino que mobilizou médicos e policiais para receber coração em transplante morre após complicações

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O pequeno Vitor Ribas da Silva, de apenas 7 anos de idade, não resistiu às complicações de uma cirurgia cardíaca a que submetido e morreu na última quarta-feira (8). O menino estava internado no Hospital da Criança e Maternidade de São José do Rio Preto (SP).

Vitor ficou conhecido nacionalmente depois que médicos e policiais se mobilizaram para fazer o transporte do coração que, posteriormente, foi transplantado nele. O menino foi diagnosticado com miocardiopatia, que provoca insuficiência cardíaca.

Na época, após o hospital informar sobre o possível doador, de 24 anos, a equipe fez uma verdadeira força tarefa e conseguiu levar o coração até o hospital, em Rio Preto. Após o procedimento os médicos informaram que a cirurgia havia sido um sucesso.

Porém, Vitor precisou passar por novo procedimento e não resistiu.

Leia Também