Rocam presta homenagem a jovem morto em assalto de ônibus em Manaus e que sonhava ser PM; veja

Facebook
Twitter
WhatsApp

Policiais militares da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) prestaram uma homenagem, nesta segunda-feira (3), após saberem que o jovem José Eduardo Santana, de 21 anos, que morreu após ser baleado em assalto dentro de um ônibus, em Manaus, tinha o sonho de se tornar um policial militar.

ADVERTISEMENT

‘Seu sonho era ser policial’, diz irmão de jovem de 20 anos morto durante assalto no 640 em Manaus

O velório aconteceu no Instituto Graças, no bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste de Manaus, e a família foi surpreendida com a presença do sargento Loiola e outros policiais que fizeram questão de levar uma bandeira da Rocam.

O momento foi de muita emoção e todos bateram palmas com a bandeira em cima do caixão do jovem, que ficou mais de 83 dias internado no Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo. O crime ocorreu no dia 22 de abril e ele morreu no domingo (2).

O irmão da vítima, ao comunicar a morte do jovem, nesta segunda-feira (3) lamentou ter perdido a vida de José justamente pela violência que ele queria combater.

Veja o vídeo aqui

 

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!