VÍDEO: Vereador é detido em piscina de condomínio após ofender moradores com frases racistas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
A polícia foi acionada pelos moradores. Foi necessário um dos policiais entrar na piscina para retirar o vereador, que se negava a sair do local.

No último domingo (23), o vereador Renato Oliveira (MDB), que é também presidente da Câmara Municipal de Embu das Artes (SP), foi detido após ofender moradores e um funcionário com frases racistas. O caso ocorreu em um condomínio em Curicica, zona Oeste do Rio de Janeiro.

De acordo com a Polícia Militar, o caso ocorreu em uma área de piscina do condomínio. Os policiais foram acionados pelos próprios moradores do local e ao chegaram lá, ainda tiveram dificuldades para deter o vereador.

Para não ser preso, o vereador Renato entrou na piscina e lá resistiu à prisão. Foi necessário que um dos policiais entrasse na piscina para deter o parlamentar, que mesmo recebendo voz de prisão insistia em ficar dentro da água.

Enquanto isso, moradores faziam um coro pedindo que a polícia retirasse o homem da piscina. Em seguida, ele é retirado da piscina com a ajuda dos moradores e puxado pelo braço por outro policial militar que estava fora da piscina e é levado à força para fora do local. Os moradores aplaudiram a ação da polícia.

Em nota, a Polícia Militar afirma que foi acionada, o vereador resistiu à prisão e foi conduzido para a 32ª DP (Taquara) e liberado em seguida. Ele responderá em liberdade pelos crimes de injúria racial e resistência à prisão. De acordo com a Polícia Civil, o inquérito vai ser encaminhado para a Justiça. 

Leia Também