Primeira mulher a assumir a Prefeitura, Yomara Lins destaca a representatividade no cargo

Facebook
Twitter
WhatsApp

A atuação feminina na política ganhou mais um capítulo histórico na capital amazonense. A vice-presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereadora Yomara Lins (PRTB), assumiu o cargo de prefeita de Manaus em exercício na última sexta-feira (17/02).

ADVERTISEMENT

Parlamentar de primeiro mandato, Yomara disse que a representatividade desse momento é importante para motivar outras mulheres a se fazerem cada vez mais presentes na vida pública, além de participarem efetivamente de ações que têm impacto direto na vida das pessoas.

“Como prefeita em exercício, é uma satisfação poder contribuir para construirmos, juntos, o futuro da cidade de Manaus. É dessa forma que entendo que as mulheres têm uma importante contribuição para dar à política. A presença das mulheres no espaço público tem quebrado preconceitos e promovido grandes mudanças”, afirmou Yomara Lins.

Além de estar à disposição da população manauara integralmente, a CMM, através da parlamentar, cumpre um dos seus principais papéis, que é o de auxiliar o Executivo Municipal sempre que necessário.

Desde que assumiu como prefeita em exercício, Yomara Lins fiscalizou obras, visitou bairros da cidade, ocasião em que conversou com moradores, e deu prioridade a algumas demandas da Prefeitura de Manaus, atuando de forma incisiva diante do compromisso que assumiu com a população manauara.

Para a vereadora Glória Carratte (PL), parlamentar que já está em seu sexto mandato, as mulheres têm a capacidade necessária para desempenhar diversas atividades, inclusive no meio político, que ainda é, em sua maioria, composto por homens.

“As mulheres já demonstraram ter qualificações como as de qualquer homem. E além disso, por sua própria natureza, também possuem uma visão mais ampliada e sensível às causas da sociedade. Dessa forma, tenho certeza que nós mulheres estamos aptas a ocupar os mais diversos cargos ou profissões, inclusive os cargos políticos”, disse a parlamentar.

Representatividade

A vereadora Professora Jacqueline (União Brasil), enfatizou que momentos de empoderamento feminino históricos como este devem sempre servir de exemplo.

“É importante que isso sirva de alerta para que outras mulheres comecem a perceber que nós podemos estar nesse espaço de poder. É muito importante que a gente seja um espelho, para que outras mulheres se vejam com a mesma possibilidade de exercer um mandato majoritário”, destacou a vereadora.

A autônoma Maria das Graças afirma que ter uma vereadora no Executivo Municipal deixa claro que o lugar da mulher é onde, de fato, ela quiser.

“Estamos acostumadas a ver a política dominada por homens. Quando vemos uma mulher ocupando um grande cargo é que temos a noção de que sim, podemos chegar, estar, onde a gente quiser”, enfatizou Maria.

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!