Preso por decapitação de jovem confessa e polícia diz que ele também matou menina de 15 anos

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Messias Ferreira de Oliveira, preso nesta quarta-feira (7), confessou ter participado do sequestro e morte de Sândalo Rebouças Marinho, de 19 anos, ocorrido em julho deste ano no bairro Colônia Antônio Aleixo, Zona Leste de Manaus. De acordo com a polícia, ele também ordenou a execução de uma jovem de 15 anos.

De acordo com a delegada Débora Barreiros, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o homem ainda não tinha passagem pela polícia, mas é de alta periculosidade por ser homem de confiança do líder da facção do bairro.

Ele seria o responsável por dar as sentenças no “Tribunal do crime” e assumiu à polícia que Sândalo foi levado até ele para ser dado a punição. O mesmo fim teve Loriane Roque da Costa, de 15 anos, que também morava no bairro.

Ela foi sequestrada e morta em fevereiro deste ano a tiros e facadas. Segundo a delegada, a jovem foi acusada de ser “leva e traz” de outra facção, rival. “Da mesma maneira que o Sândalo, ela foi levada até a frente do Messias e julgada por ele”, disse Débora Barreiros.

Agora, a polícia segue as investigações para prender os outros envolvidos. Messias está preso na DEHS e ficará à disposição da justiça.

Leia Também