Roberto Jefferson passa por audiência de custódia e prisão domiciliar é negada

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O presidente nacional do PTB Roberto Jefferson, passou por audiência de custódia na tarde deste sábado (14), porém, o juiz Airton Vieira, que atua no gabinete do ministro do STF Alexandre de Moraes, manteve a prisão preventiva de Jefferson.

Durante a audiência, os advogados de defesa dele alegaram que Roberto está com câncer e está em tratamento. Eles pediram a conversão em prisão domiciliar, pois segundo eles, o tratamento oferecido pelo sistema prisional do Rio de Janeiro não é adequado.

Os advogados também disseram que o presidente do PTB estaria “jurado de morte” por várias facções e, por isso,  permanência no presídio de Bangu 8 poderia comprometer ainda mais a sua integridade física. Por fim, a defesa levantou dúvidas sobre a isenção do ministro Alexandre de Moraes, que foi quem decretou a prisão de Jefferson.

Roberto Jefferson foi preso na última sexta-feira (13), por envolvimento em atos antidemocráticos.

Leia Também