Prefeito e vice de Codajás têm mandatos cassados após condenação da Justiça

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
O defesa dos dois políticos disse que irá recorrer na decisão e afirma que prefeito e vice são inocentes.

O prefeito de Codajás, Antônio Ferreira dos Santos, e o vice, Cleucivan Gonçalves Reis, tiveram seus mandatos cassados após condenação por abuso de poder econômico por corrupção eleitoral e captação ilícita de recursos nas eleições de 2020. A determinação é do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Na sentença, decidida pelo juiz Geildson de Souza Lima, prefeito e vice são declarados inelegíveis por oito anos. Outros três envolvidos, Jozenilson Lopes Pontes, Francimara Penha Freitas e Marcos Rodrigues da Costa também foram condenados.

Segundo a denúncia, os cassados estão envolvidos em um esquema de distribuição de dinheiro, cestas básicas, bolas, telhas e doações de terrenos para eleitores, além de distribuição de cargos na prefeitura do município.

A denuncia será enviada ao Ministério Público Eleitoral e ao Ministério Público responsável pela apuração do crime.

A defesa do prefeito e vice declarou que a decisão é sem fundamento. De acordo com o advogado, Jr. Fernandes, não existe provas dos crimes citados.

Leia Também