Flordelis tem mandato cassado e pode ser presa pela morte do marido

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A deputada federal Flordelis (sem partido- RJ) teve a mandato cassado após votação no plenário da Câmara. Por 437 votos a favor, sete contrários, e 12 abstenções, a deputada perdeu a imunidade parlamentar.

Flordelis é acusada de mandar matar o marido, o pastor Anderson Torres, em junho de 2019. O pastor foi assassinado com mais de 30 tiros. Ela nega a participação do crime.

Para que mandado dela fosse cassado, eram necessários no mínimo 257 votos. Com esse resultado, Flordelis perde a imunidade parlamentar, que impedia que ela fosse presa.

Durante o processo, o relator, deputado Alexandre Amorim (DEM-SP), apresentou parecer favorável à cassação do mandato. Ele alegou que Flordelis nunca apresentou qualquer contraprova que pudesse contestar todos os indícios apurados pelo Conselho de Ética e pelo Ministério Público, que a acusa da autoria do assassinato.

Leia Também