Fausto Jr. chega ao último ano de mandato gastando muito e produzindo pouco

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Deputado de primeira viagem, Fausto Júnior (PRTB) já tem muitas histórias para contar. De acordo com o Portal da Transparência, só de Cotão, por ano, cada deputado recebe R$ 529.376. Mais de meio milhão para que um parlamentar possa apenas exercer sua obrigação, fora o salário de mais de R$ 25 mil, que já rendeu 911 mil em três anos de mandato. Os gastos milionários com um único mandato, porém, não re refletem naquilo poderia ser uma produção de excelência. Ao contrário, Fausto se notabilizou mais por confusões nos bastidores do que por um projeto aprovado.

O Estado do Amazonas faz neste ano eleitoral um balanço do desempenho político de nossos parlamentares, e pede a eles mesmos que destaquem o que fizeram. No final da contas, quem decide se aprova ou não o trabalho, que custa caro aos cofres públicos, é o eleitor.

Brigas políticas, aproximação com a direita que defende Jair Bolsonaro, confusão na CPI, treta com Omar Aziz, condenação por calúnia e primeiro lugar nos gastos com o Cotão em 2022. São fortes emoções nos bastidores da política, que na democracia deveria render mas benefícios para a população e menos tretas.

CAMPEÃO DO COTÃO

A Assembleia Legislativa do Amazonas divulgou em seu Portal da Transparência os primeiros dados de gastos dos deputados em 2022. O ano é especial, visto que os parlamentares vão correr atrás de votos e precisam mostrar ao eleitor o que fizeram com o mandato e com a verba que o contribuinte paga a todos. Neste primeiro mês, o deputado Fausto Júnior  é o único que gastou todo o dinheiro da Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar, o famoso Cotão.

Fausto usou os R$ 44,114, 33 no mês em que praticamente não houve atividade na Casa. Em janeiro os trabalhos legislativos na Aleam estavam no período de férias. Apenas em fevereiro os parlamentares retornaram ao “batente”, ainda assim de forma híbrida e com direito a 11 dias de folga por causa do Carnaval.

Fausto é filho da Conselheira do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Yara Lins, e teria em casa uma professora da arte de controlar contas, o que não acontece nessa reta final antes das eleições de outubro.

Fausto e Yara Lins

‘VOCÊ É UM MOLEQUE’

Durante as eleições para a Prefeitura de Manaus, Fausto Júnior ganhou os holofotes na cena política. Mas por um motivo ruim. Foi acusado pelo então candidato David Almeida de traição. Saiu da base de apoio daquele que seria eleito e foi exposto publicamente. “Deputado Fausto Júnior, você é um moleque! Respeite! Ainda veste fraldas! E eu quero dizer para você que além desses que eu estou enfrentando te enfrento e enfrento também quem está por trás de ti.”

Fausto usou a tribuna da Aleam para avisar que estava pulando do barco, e David usou as redes sociais para denunciar a ação. “O cidadão vem usando pretexto que vai sair da minha coligação por uma suposta aliança com o governador. Deputado, deixe de molecagem. Seja homem. Pare de fazer papel de Peteleco, pare de fazer papel de garoto de recado, deixe de ser teleguiado. O senhor custa muito caro para a população, vai fazer um papel desse ridículo de ser usado para me atacar”, disse.

David chamou Fausto de Peleleco

DENUNCIADO NA CPI EM REDE NACIONAL

Fausto Júnior foi convidado a depor na CPI da pandemia em Brasília e, pela primeira vez, viu seu nome em rede nacional. Porém, mais uma vez, por motivos errados. Desta vez foi o presidente da Comissão, senador Omar Aziz (PSD). O parlamentar pediu a quebra de sigilo de Fausto, sua mãe, Yara Lins, da irmã, Teresa Raquel Rodrigues Baima Rabelo, e de empresas que, de acordo com Omar, favoreceram a família ao enriquecimento ilícito.

A denúncia rendeu uma aproximação com o grupo de apoiadores do presidente Bolsonaro, que se contrapõe ao senador Omar, mas na prática ficou a imagem arranhada e uma história ainda não explicada. Fausto foi convidado até para live com a deputada Carla Zambelli, mas o “apoio” parou por aí.

Fausto e Zambelli

MULTADO EM R$ 80 MIL

Fausto também foi condenado a pagar multa ao senador Omar Aziz, após postar que ele é “comprovadamente corrupto”. Sem nenhum condenação na Justiça por corrupção, Omar ganhou o processo com facilidade.

A Justiça do Amazonas, por meio da 9ª Vara Cível do estado, mandou Fausto pagar  R$ 30 mil ao senador. Fausto Júnior ainda descumpriu a ordem de retirar a calúnia das redes, e teve de pagar mais R$ 50 mil.

Omar ganhou indenização

O QUE DIZ O DEPUTADO

A reportagem procurou o deputado Fausto Jr. para que ele pudesse destacar os pontos que ele considera importante em sua gestão. O deputado, por meio de sua assessoria, destacou uma lista de ações que publicamos na íntegra:

1. Fausto Jr. tem lutado na “linha de frente” para desenvolver a indústria de fertilizantes no Amazonas, através da exploração de potássio.

2. Fausto entrou na Justiça contra o aumento de 24,5% nas contas de água cobradas pela empresa Águas de Manaus

3. Aprovou a Lei do Gás que criou milhares de empregos no interior do estado.

 4. Articulou através de reuniões e audiências públicas o destrave da BR 319 no intuito de auxiliar no escoamento da produção do interior do Amazonas

5. Fausto Jr. apresentou a proposta de redução progressiva do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) que incide sobre os combustíveis no Amazonas.

6. Utilização da Arena da Amazônia como salas de aula, capaz de receber mais de dois mil alunos da rede pública. A proposta é transformar os camarotes e salas administrativas da Arena da Amazônia em salas de aula

7. Redução do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadores e Serviços) envolvendo remédios, equipamentos de proteção individual (EPIs), aparelhos hospitalares e insumos usados no tratamento de pessoas com coronavírus.

8. Autor da PEC 3/21 que libera armamento para guarda municipal.

9. Na área da Educação, Fausto Jr. conseguiu transformar as sobras do Fundeb em abono salarial para os profissionais que atuam nas escolas da rede estadual

10. Propôs Projeto de Lei que veda a utilização da denominada “linguagem neutra”, do “dialeto não binário” ou de qualquer outra expressão que descaracterize o uso da norma culta da Língua Portuguesa na grade curricular

 11. Em 2021, o deputado realizou o 1º Fórum Amazonas Lixo Zero, que marcou a abertura da Semana do Meio Ambiente no Estado.

12. Fausto Jr. aprovou na Assembleia Legislativa a liberação de R$ 50 milhões em emendas parlamentares para a compra de vacinas contra o coronavírus.

13. Para ajudar na melhoria dos serviços de Saúde no Amazonas, o deputado aprovou a liberação de R$ R$ 16 milhões em emendas parlamentares para a compra de medicamentos, reformas de hospitais e aquisição de ambulâncias e ambulanchas.

 14. Ainda na área da Saúde, o deputado aprovou o repasse de R$ 160 milhões para investimentos na Saúde em 61 municípios do interior.

 15. Para ajudar famílias de baixa renda que sofreram os efeitos da crise econômica provocada pela pandemia Fausto Jr. votou a favor do Auxílio Emergencial Estadual, no valor de R$ 600.

16. Durante a pandemia, cobrou do PROCON fiscalização nas farmácias com valores abusivos para testagem contra a covid-19.

17. No combate a corrupção, proibiu através de projeto de lei a contratação de cônjuge, companheiro, ou qualquer parente consanguíneo de secretário do Amazonas, como prestador de serviços e/ou produtos.

18. E proibiu a nomeação para qualquer cargo de gestão na secretaria de estado da saúde – SES, de pessoas consideradas “fichas sujas”.

Leia Também