Em clima de festa, lideranças partidárias prestigiam lançamento da pré-candidatura de Arthur Neto ao Senado

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Em clima de festa, a Juventude do PSDB Amazonas deu exemplo de cidadania e espírito democrático, cantando e entoando gritos de guerra.

O ex-prefeito de Manaus e ex-senador Arthur Virgílio Neto lança, nesta quinta-feira (24.3), sua pré-candidatura ao Senado, no Jevian Festas e Eventos, zona Centro-Sul, reunindo lideranças partidárias da capital e do interior do Amazonas. Em clima de festa, a Juventude do PSDB Amazonas deu exemplo de cidadania e espírito democrático, cantando e entoando gritos de guerra. E foi essa energia que marcou o início do evento.

“As eleições são a grande festa da democracia e a juventude tem papel muito importante nesse processo. Nós do PSDB temos orgulho da nossa liderança, o Arthur sempre foi uma inspiração de político com compromisso para todos aqueles que lutam por melhores oportunidades às pessoas”, disse a presidente da Juventude PSDB-AM, Jéssica Lacerda.

Aguinaldo Barcelar, de Manacapuru, veio para o lançamento para desejar sorte ao pré-candidato. “Vamos mostrar que o Amazonas é o melhor. O Arthur sempre foi um grande político”, destacou. “Estamos juntos, somando forças para melhorar a vida das pessoas e do nosso Estado”, disse Ethan Castelo Branco, do município de Benjamin Constant. “Ele foi um grande representante e sempre fez bem para o Estado do Amazonas. É bom a gente sempre lembrar que cada Estado só tem três representantes no Senado”, reforçou o ex-prefeito de Novo Airão, Wilton Santos.

O pré-candidato deve chegar ao local do evento em poucos minutos, quando irá conceder uma fala inicial à imprensa no ambiente da coletiva. Com 44 anos de vida pública, Arthur Neto é o atual presidente do PSDB Amazonas e entre suas principais bandeiras políticas está a defesa da Zona Franca de Manaus, da floresta amazônica, do crescimento econômico e social do país e do Amazonas, a interiorização do desenvolvimento e dos valores democráticos.

Leia Também