Eleições 2022: Bolsonaro ganha fôlego mas Lula permanece na preferência do eleitor brasileiro

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Na pesquisa divulgada nesta quinta-feira (24), Jair Bolsonaro aparece com 26% das intenções de votos, já Lula tem 43% do eleitorado.

Faltando cerca de sete meses para o primeiro turno das eleições presidenciais, o presidente Jair Bolsonaro (PL) apresentou um leve aumento nas intenções de votos e diminuiu a diferença entre ele e seu maior adversário, o ex-presidente Lula (PT). Em pesquisa divulgada pela Datafolha nesta quinta-feira (24), Bolsonaro aparece com 26% das intenções contra 43% que preferem o petista.

Em seguida, aparecem na pesquisa os ex-ministros Sergio Moto (Podemos) e Ciro Gomes (PDT) com 8% e 6%, respectivamente. O governador de São Paulo João Doria (PSDB) e o deputado federal André Janones (Avante), têm 2% cada. Os dados foram iguais em quatro cenários apresentados aos eleitores e a margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Em relação ao levantamento anterior, realizado em dezembro do ano passado, o Datafolha aponta uma distância menor entre Lula e Bolsonaro. Anteriormente o petista tinha entre 47% e 48%, enquanto o atual presidente se arrastava com 21% e 22% das intenções de votos.

Na pesquisa espontânea, na qual não são apresentados os nomes dos possíveis candidatos, Bolsonaro subiu de 18% para 23% das intenções de voto.

O Datafolha ouviu 2.556 eleitores em 181 municípios de todo o país entre terça e quarta-feira desta semana. A pesquisada foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-08967/2022. O nível de confiança do levantamento – isto é, a probabilidade de que ele reproduza o cenário atual, considerando a margem de erro – é de 95%.

Veja o percentual de intensão de votos:

Lula (PT) – 43%

Bolsonaro (PL) – 26%

Sergio Moro (Podemos) – 8%

Ciro Gomes (PDT) – 6%

João Doria (PSDB) – 2%

André Janones (Avante) – 2%

Simone Tebet (MDB) – 1%

Felipe D’Ávila (Novo) – 1%

Vera Lúcia (PSTU) – 1%

Leonardo Péricles (UP) – não chegou a 1%

Brancos ou nulos – 6%

Não souberam responder – 2%

Leia Também