Deolane Bezerra diz que mendigo que ficou famoso cometeu estupro de vulnerável: ‘aproveitador’

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

BRASIL – Após o “mendigo famoso” dizer que Deolane Bezerra e ele têm “algo em comum”, a advogada foi às redes sociais e contestou o homem. “A minha vida com a sua não tem nada em comum”, iniciou a loira, que ainda disse que Givaldo Alves cometeu estupro de vulnerável contra a mulher que se relacionou dentro do carro, em Planaltina, no Distrito Federal.

“Eu vou orar para que o Ministério Público veja esse caso como eu estou vendo. Isso se chama estupro de vulnerável. Você estava morando na rua, mas tem capacidade de discernimento”, afirmou Deolane.

De acordo com a advogada, Givaldo poderia ainda trabalhar porque tem condições. “Givaldo, o ‘famoso mendigo’ — que é mendigo porque quer —, tem habilitação de categoria D, que daria para ser um ótimo motorista. Uma dicção perfeita. Fala muito bem e [tem] força nos braços para trabalhar”, disse a viúva de MC Kevin.

“Nunca queira comparar o que aconteceu comigo, que estava dormindo, com o que aconteceu com a sua. Você propagou essa notícia para se sobressair. Você é um aproveitador de uma mulher que estava em total estado de vulnerabilidade”, completou. 

O caso

Após o flagra do personal trainer, pegando o morador de rua com a esposa dele juntos, no carro, o homem acusou Givaldo de ter cometido abuso. A família afirma que ela estava em surto.

A Polícia Civil pediu um laudo que afirmasse que a mulher tinha problemas psiquiátricos, o que foi confirmado. Se denunciado pelo MP, Givaldo pode ser acusado de estupro.

Na época, ele afirmou que a mulher parecia em seu estado normal e que não a obrigou a nada.

Leia Também