CPI da Pandemia aprova afastamento da ‘capitã cloroquina’ do MS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Nesta terça-feira (3), a CPI da Pandemia aprovou um pedido à Justiça de afastamento da secretária de Gestão do trabalho e da Educação na Saúde, Mayra Pinheiro, mais conhecida como “capitã cloroquina”.

A secretária ficou conhecida por defender o uso do medicamento ineficaz no tratamento da Covid, Mayra é uma das 14 pessoas investigadas pela CPI.

O autor do pedido é Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da CPI. Segundo ele, a secretária “mentiu ou entrou em contradição em ao menos 11 oportunidades” no depoimento à comissão. Ele sustenta ainda que a permanência dela no cargo por atrapalhar as investigações.

O presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), afirmou que Mayra não tem condições de permanecer no Ministério da Saúde.

Leia Também