Carlos Almeida esquece ofensas de Arthur Neto e se junta ao ex-prefeito no PSDB

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

MANAUS| Após pular de galho em galho, o vice-governador do Amazonas, Carlos Almeida, resolveu juntar os panos com Arthur Neto e se aconchegar no ninho tucano. Mesmo após ser acusado pelo ex-prefeito de Manaus de associação a traficantes de droga, Almeida sofreu uma amnésia instantânea, confirmou sua filiação ao PSDB e tirou até a famosa foto para a posteridade com o novo aliado.

Almeida se afastou do governador Wilson Lima sem convencer ninguém dos reais motivos da trairagem, jamais abriu mão dos benefícios do cargo, mesmo não contribuindo em nada do Governo que quis se afastar, mas resolveu por conta própria virar uma figura meramente decorativa no Estado.

Em 15 de agosto de 2019 Arthur Neto acusou Carlos Almeida de favorecer a construção ilegal dos traficantes no Cidade das Luzes. “Não era inocente, não era criança e já era uma figurinha grande.”

Após passar pelo PRTB e PTB, Almeida mais uma vez muda de partido como quem muda de roupa, de olho nas eleições de 2022, acenando com uma chapa ao lado de Arthur Neto, que ainda não explicou, por exemplo, como pretende governar o Amazonas após deixar Manaus só o buraco e inaugura um viaduto mal acabado.
Será que cola?

Leia Também