Candidato à Presidência, Ciro Gomes solta o verbo e diz que militares são “desavergonhados” e “imorais”

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Nesta segunda-feira (18), o pré-candidato à Presidência da República, Ciro Gomes (PDT), soltou o verbo durante o lançamento da pré-candidatura da senadora Leila Barros (PDT-DF) ao governo do Distrito Federal, sobre as Forças Armandas brasileiras são “desavergonhadas” e “imorais. A fala se deu pela compra de 35 mil comprimidos de Viagra e de 60 próteses penianas e gel lubrificante.

Ele também não perdeu a linha e falou sobre o suposto esquema de desvio do Ministério da Educação.

 “Tem a notícia de que pastor picareta junto com militar bandido estão desviando dinheiro do FNDE [Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação]”, declarou Ciro.

“Fazendo a República brasileira chafurdar. As pessoas acham que eu sou exagerado, mas o quê que passa na cabeça de uma mãe que tem que deixar a luz cortar para deixar o pequeno dinheiro para dar de comer ao filho ouvindo na TV que os canalhas que estão sujando as fardas de Caxias estão comprando Viagra e prótese peniana com dinheiro público? Desavergonhados. Imorais”, questionou o ex-ministro.

Leia Também