Suspeitos das mortes de Dom e Bruno serão transferidos para Manaus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Amarildo da Costa de Oliveira, 41, conhecido como “Pelado”, Jeferson da Silva Lima, o “Pelado da Dinha”, Oseney da Costa de Oliveira, 41, o “Dos Santos”, e Rubens Villar Coelho, o Colômbia, serão transferidos para Manaus. Todos são suspeitos de participação nas mortes do jornalista inglês Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira, no Vale do Javari, na região de Atalaia do Norte.

A Polícia Federal confirmou neste sábado (9) a transferência dos suspeitos como medida de segurança. Colômbia foi preso na última quinta-feira (7) em Tabatinga, após se apresentar com documentos falsos para provar que não tem ligação com o caso.

Não foi informado até o momento qual a unidade, ou quais as unidades que receberão os suspeitos.

Amarildo e Jeferson já confessaram o crime em depoimentos à PF e à Polícia Civil do Amazonas (PC-AM). As autoridades fizeram a reconstituição do crime e ainda seguem investigando na região. Dom e Bruno foram mortos a tiros, tiveram os corpos esquartejados e queimados, antes de serem enterrados na mata.

Avião da Polícia Federal (PF) chega a Brasília com restos mortais de desaparecidosno Aeroporto de Brasília

Leia Também