Queima de arquivo? Vendedor de bombom é executado a tiros durante chuva, no Puraquequara

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Segundo a polícia, Alessandro havia denunciado criminosos daquela região.

O vendedor de bombom, Alessandro Almeida Brasil, de 36 anos, o “Sandrinho”, foi assassinado na tarde desta quinta-feira (10) com diversos tiros na rua 3, situada no bairro Puraquequara, zona Leste de Manaus.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima estava caminhando na rua quando foi baleada com os disparos, que atingiram principalmente a região da cabeça. Alessandro morreu no local.

Devido a chuva que caia no local na hora do crime, nenhum morador viu o momento que Sandrinho foi morto. Apenas depois de ouvirem os barulhos dos tiros, alguns moradores saíram de casa e já se depararam com o vendedor de bombons caído no chão.

De acordo com o delegado plantonista do 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Fábio Silva, a morte de Alessandro pode estar ligada ao foto de ele ter denunciado criminosos daquela região e saber inclusive identificar bandidos do bairro.

O corpo de Alessandro foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) e o caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Leia Também