Preso por matar filhas durante sequestro disse à polícia que não se lembra das crianças

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O trabalhador rural, Natanael de Lima preso, em flagrante, por matar as duas filhas Natáli Heloá, de 5 anos, e Natanaeli Vitória, de 6 anos, durante sequestro no município de Taquarituba, São Paulo, disse em depoimento que não conhecia as meninas e nem a ex-mulher, e também não se lembrava das crianças.

Conforme as investigações, os pais das meninas são separados e o homem já estava em outro casamento e morando em outra cidade, mas tinha um bom relacionamento com a ex-mulher. O crime aconteceu na casa do antigo casal no Jardim Santa Rita.

Na manhã da última terça-feira (24), a enteada saiu para ir à escola, a babá chegou na residência e foi dispensada pelo homem, que desde então, manteve as meninas em cárcere privado.

No final da tarde, elas foram encontradas sem vida. O homem foi preso e na delegacia, ele contou que não conhecia aquela família.

“Fiquei bem chocada com a reação dele. Eu mostrei a foto das meninas e ele falou que não conhecia aquelas crianças, que não tem filhos, não tem ex-mulher e não esteve em Taquarituba. A última lembrança que ele tinha era de que estava trabalhando na roça”, contou à delegada Camila Rosa Alves.

Leia Também