Policiais são presos no interior do AM, acusados de extorquir e roubar ouro de garimpeiros

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

AMAZONAS | Quatro policiais militares (PMs) e um suspeito foram presos neste sábado (9), em lanchas da Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-AM), no município de Maraã (a 640 km de Manaus).

O grupo foi detido suspeito de assaltar e extorquir garimpeiros da região.

Conforme a polícia do município, eles foram presos após a população desconfiar da movimentação das lanchas no local. Segundo o comandante do 3º GPM, sargento Salviano, os policiais apresentaram uma ordem de serviço falsa da delegacia de Tefé, procurando justificar a presença na região.

“A gente pegou eles aqui. A população avistou as lanchas da SSP com ele todos fardados. Resolvemos abordar. Eles estavam todos armados. São eles que assaltavam os garimpos, tomavam ouro. Eles são assaltantes esses PMs”, disse um policial militar que participou da operação, mas não foi identificado.

Os presos e as duas lanchas com o símbolo da SSP-AM foram levados de barco para Tefé, a 192 km de distância, e permanecem na 5ª Delegacia Regional da Polícia Civil, onde ficarão à disposição da Justiça.

Leia Também