PC-AM pede ajuda para capturar foragidos de Iranduba

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A imagem de dez detentos que fugiram na noite de sábado (14), da carceragem da 31ª DIP de Iranduba, após renderem e fazerem refém um policial civil, durante a entrega de alimentação na cela, foi divulgada pela Polícia Civil do Amazonas (PC-AM).

Os detentos foram identificados como:

1 – Alexandre Santos Pereira;
2 – Brendo Pereira de Souza;
3 – Edson Pinto Pereira;
4 – Gabriel Carvalho Cavalcante;
5 – Manoel Carlos Moura da Silva;
6 – Mayron Antônio Teixeira de Lima;
7 – Mikael da Silva Cordeiro;
8 – Murilo Carvalho Pinheiro;
9 – Orleilson Ferreira da Silva;
10 – Paulo Ricardo Moraes Carvalho.

O delegado Raul Augusto Neto, titular da 31ª DIP informou que os detentos tomaram a arma do policial e o fizeram de refém, para fugir da carceragem. Os detentos respondiam por crimes como tráfico de drogas, associação para o tráfico, homicídio tentado, posse ilegal de arma de fogo, porte de munição de uso restrito, roubo e corrupção de menor.

O delegado reforça que nos últimos dias 9 e 11 deste mês foi solicitada a transferência dos presos. A autoridade policial fez nova solicitação de transferência dos 14 presos para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), em Manaus, e esta foi autorizada pela juíza da Vara de Execução Penal, Sabrina Cumba Ferreira, que irá formalizar a referida transferência neste domingo (15).

Na noite de sábado, 13 presos foram trazidos para Manaus, pelo Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera). Uma detenta permanece na DIP aguardando decisão judicial.

A delegada-geral da PC-AM, Emília Ferraz, juntamente com reforço policial, por meio do Departamento de Polícia do Interior (DPI), do Grupo Fera e da Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) da Polícia Militar, se deslocou ao município para averiguar as condições das fugas e dar início às buscas pelos foragidos.

Leia Também