Pastor suspeito de importunação sexual, lesão e injúria, é preso em Manaus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O pastor Cleison Alves de Souza, de 46 anos, está preso em Manaus, acusado de lesão corporal, ameaça, tentativa de importunação sexual e injúria contra uma jovem de 14 anos.

No domingo (27), a jovem que estava dentro do carro com o pastor,  no bairro Lírio do Vale, Zona Oeste de Manaus, gritou pedindo ajuda a um funcionário de uma lanchonete. Cleison estava com a jovem e mais R$ 28 mil em espécie, que ele alega ser dos dízimos da igreja.

A vítima disse à polícia que sofreu agressão física e psicológica, e que o pastor tentou fazer sexo com ela a todo custo, e que ainda a ameaçou de morte. O pastor evangélico já havia sido preso em 2012 por suspeita de estupro contra duas jovens de 15 e 17 anos.

Leia Também