Pai e filho são presos por matar jovem no dia do aniversário, no Viver Melhor

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
A vítima estava saindo da festa de aniversário quando foi surpreendida por pai e filho. Após ser alvejado com diversos tiros Deny morreu no local.

Gilmar Domingos da Silva, de 29 anos, e Edimar Domingos Noronha, 53, filho e pai, respectivamente, foram presos pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros 9DEHS), pelo homicídio de Deny Keivison Alves Pinheiro, que tinha 27 anos.

O crime ocorreu no dia 21 de fevereiro deste ano, em um conjunto habitacional localizado na rua Jamandi, bairro Lagoa Azul, zona norte da capital. Eles também foram presos pela tentativa de homicídio de duas pessoas da família de Deny.

De acordo com o delegado Danniel Antony, adjunto da unidade especializada, na ocasião do crime, Deny estava comemorando seu aniversário, e Gilmar e Edimar estavam entre os seus convidados.

“Testemunhas informaram que, em determinado momento da festa, a vítima teve um desentendimento com Gilmar, e este foi retirado do local pelo seu pai, Edimar. Porém, após saírem do local, ambos ameaçaram Deny, dizendo que voltariam para acabar com a vida dele”, relatou o delegado.

A autoridade policial contou que a vítima saiu do local, após o festejo, quando foi surpreendida por pai e filho, que estavam em uma motocicleta. Gilmar estava na garupa da moto, desceu e efetuou os disparos contra Deny, que não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

Na ocasião do crime, outras duas pessoas que estavam com Deny também foram atingidas pelos disparos, mas sobreviveram.

Durante diligências, a dupla foi localizada e presa em uma via pública do bairro Cidade Nova, zona norte. Após exame de corpo de delito, Gilmar e Edimar responderão por homicídio e tentativa de homicídio e serão encaminhados à audiência de custódia na Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

Leia Também