No mundo do crime desde 1984, ‘Vovó do Pó’ é flagrada com drogas e vai usar tornozeleira

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Maria Ariorlene Leal de Brito, de 68 anos, mais conhecida no mundo do crime como ‘Vovó do Pó’ passou a usar tornozeleira eletrônica nesta terça-feira (31) por determinação do Núcleo de Audiência de Custódia. Ela foi detida na segunda-feira, por tráfico de drogas na chacará 5 do Sol Nascente, em Brasília.

Conforme as informações da Polícia, a idosa usava o bar que fica dentro do lote para vender drogas. Ela já tem um longo histórico na Justiça por tráfico de drogas desde o ano de 1984. Nessa nova detenção, os agentes encontrara, porções de crack, dinheiro e embalagem plásticas usadas para embalar o material.

Durante audiência de custódia a magistrada observou que “a conduta da autuada não evidência periculosidade exacerbada a ponto de justificar qualquer segreção antes do momento constitucional próprio”. A medida cautelar é compatível com o caso, pelo entendimento da juíza.

Além do uso de tornozeleira eletrônica, ela está proibida de frequentar o local onde vendia as drogas, devendo manter distância mínima de 1 km, e informar à Justiça novo endereço no prazo de cinco dias.

Leia Também