Manaus já registra 692 mortes violentas entre janeiro e agosto de 2021

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
O Governo do Amazonas deve divulgar em outubro, edital de concurso publico para aumentar o efetivo nas forças de segurança do Estado para tentar combater a criminalidade.

Manaus vive hoje um dos piores momentos dentro da Segurança Pública do Estado. Somente em Manaus, nos oito primeiros meses do ano de 2021 foram registrados 651 casos de homicídio, número bem abaixo do ano passado, quando ocorreram 459 casos no mesmo período. Os policiais reclamam que a falta de efetivo dentro do sistema de segurança é um fator determinante para o aumento desse numero.

Outro dado alarmante é o de latrocínio, ou seja, de pessoas que morreram em situação de assalto. De janeiro a agosto deste ano, foram 26 vítimas, contra 22 registradas no ano de 2020. Já no crime descrito como lesão corporal seguido de morte, Manaus registrou 9 casos no ano de 2021. No ano passado não há registros deste tipo de crime na capital amazonense, segundo os dados da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

Com relação aos feminicídios, Manaus registrou um total de seis casos neste ano. No mesmo período de 2020 o número foi de nove casos.

Briga de facções

A maioria dos homicídios ocorridos na cidade estão ligados a briga de facções criminosas que disputam território de atuação tanto na capital, como no interior do Estado. O tráfico de drogas está ligado a quase todos esses crimes, seja por disputa de território, ou por dívidas relacionadas a essa atividade ilegal, que toma conta não apenas do estado do Amazonas, como de todo País.

Concurso em vista

Para combater e até mesmo elucidar esses crimes, o Governo do Estado de Amazonas anunciou que até meados de outubro irá publicar edital de concurso público que prevê vagas para todas as instituições ligadas à segurança do Amazonas.

Segundo o governador Wilson Lima, serão 1.350 vagas para a Polícia Militar; 453 para o Corpo de Bombeiros; 362 para a Polícia Civil; 210 para o Detran-AM; e 150 vagas para a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM).

Leia Também