Mãe denuncia agressão de policial contra filho autista que chegou a defecar nas calças

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Uma mulher denunciou policiais militares de Poço Fundo, no sul de Minas Gerais, por agredir o filho dela, um autista de 13 anos, no último domingo (10). Segundo a mãe, o menino pegou a moto do pai escondido e acabou sendo abordado por uma viatura da PM.

Ao tentar fugir, o adolescente caiu no chão com a moto. “Em vez de ajudar, o policial já saiu com a arma na mão, apontando na cabeça do meu filho. Não deixou ele se levantar e ainda o algemou. Tirou o capacete da cabeça do meu filho, deu um chute no olho dele e pisou com a bota na cara dele, pressionando no chão”, disse ela.

A mãe do menino contou ainda que ele levou um murro nas costas e um chute tão forte na cabeça que chegou a defecar na roupa. “Mesmo com o meu filho gritando, dizendo que estava doendo, ele não parou. Fico pensando o que meu filho sofreu na mão desse policial”.

O caso só foi descoberto horas depois, quando o jovem estava no hospital. Segundo a mãe, o policial só chamou o socorro ao ver que a vítima era menor de idade. “Antes disso, deixou ele no chão e tirou fotos da moto e do meu filho machucado”.

Ainda segundo a mulher, ela foi ao hospital após uma conhecida que trabalha lá o avisar. Ao chegar na unidade hospitalar, estranhou o comportamento do militar.

“Ele ficou o tempo todo preocupado com meu filho, elogiando ele a todo momento. Nessa hora, ainda não sabia o que realmente tinha acontecido. Só na hora que ele foi embora é que meu filho contou para o médico que estava de plantão o que aconteceu”.

O caso foi denunciado no Ministério Público. Procurada, a Polícia Militar ainda não se pronunciou sobre o assunto, assim como o MP.

Leia Também