Mãe deixa filho recém-nascido morrer e o descarta em caixa de sapato

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A Polícia Civil prendeu Thaís Domingues Dias pelo crime de infanticídio. A mulher que é funcionária do Governo do Estado de São Paulo, atuando na assessoria de imprensa, escondeu a gravidez e teve o bebê em casa. Segundo as investigações, ela deixou o recém-nascido sem comida e sem assistência médica. A criança acabou falecendo,

Em depoimento, ela disse que a gravidez foi indesejada e que seria fruto do relacionamento com um ex-colega de trabalho. De acordo com a polícia, a mulher, que já é mãe de outros dois adolescentes. A criança morreu na segunda-feira (11) de manhã. Thaís colocou o corpo do bebê em uma caixa de sapatos e a caixa em uma sacola de lixo.

O crime foi descoberto pelo faxineiro do prédio que, na hora de fazer a coleta seletiva, encontrou o corpo. O homem avisou o zelador, que chamou a polícia. Domingues foi presa em flagrante e vai responder pelo crime de infanticídio.

Leia Também