Macabro: Homem mata esposa e escreve bilhete na testa da vítima: ‘morreu porque traiu’

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Um crime bárbaro, chocante e perverso foi registrado neste fim de semana em Curitiba. Elisangela Martins, de 34 anos, foi encontrada morta a facadas em cima da própria cama, com a aliança de casamento na mão e um bilhete na testa: “morreu por confessar uma traição”.

O ex-marido de Elisangela, Rudinilsom Martins, de 35 anos, foi preso pelo crime e se matou dentro da cela, minutos antes de prestar depoimento. O casal eram primos de primeiro grau, o que devastou ainda mais a família. Antes de matar Elisangela, ele ainda pegou o filho do casal, uma menino de 5 anos, levou para casa de um parente e saiu dizendo que ia levar Elisangela ao motel.

“A vítima estava com uma aliança em cima da mão, rosas em outra mão, ele acabou escrevendo no rosto da vítima em caneta, ‘morreu porque traiu’, além da brutalidade do crime. Faz seis anos que eu trabalho aqui e essa foi uma das situações de maior violência que eu já vi com relação à quantidade de golpes que foram dados na vítima”, disse o delegado Vinicius Maciel.

Leia Também