JUSTIÇA – Homem é condenado a 15 anos por matar ex com tiro no olho no Careiro Castanho

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Paulo José de Aguiar foi condenado pela Justiça do Amazonas, a 15 anos de prisão, no regime fechado, pela morte da ex-esposa, Adriele Bruno da Silva, na época do crime com 23 anos. Ela foi morta com um tiro no olho, no dia 16 de janeiro de 2021, no município de Careiro Castanho, no Amazonas.

Os dois eram casados desde que a vítima tinha 12 anos e ele não aceitou o término do relacionamento. As investigações apontaram que ele tiveram um relacionamento marcados por brigas, e pelo ciúme doentio de Paulo.

Quando deciciu colocar um ponto final, Adriele começou a ser perseguida e ameaçada. No dia do crime, elea teve a casa invadida e foi alvejada com um tiro de espingarda.

 Vizinhos correram para socorrer, mas ela já estava morta. Paulo foi preso horas depois.

Leia Também