Jovem é morta por bala perdida quando fazia trajeto da faculdade

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A universitária Ingrid Santos, de 22 anos, foi vítima fatal de uma bala perdida na noite desta segunda-feira (11), na República, região central de São Paulo. O tiro partiu da arma de um policial militar à paisana que reagiu a um assalto. Na tentativa de impedir o suspeito, o agente atirou várias vezes, atingindo a estudante, outra jovem e também o criminoso.

 O SAMU foi acionado onde constatou o óbito de Ingrid. A outra jovem e o suspeito, que também foram feridos, seguiram para um hospital da região para receber atendimento.

De acordo com informações da Record TV, Ingrid estudava direito e trabalhava na região do centro da capital. O tenente da Polícia Militar chegou a ser preso por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Ele teve a arma apreendida, pagou R$ 10 mil de fiança e responde ao processo em liberdade. Em nota, a SPP informou que a PM acompanha as investigações do caso.

Leia Também