Homem é preso por decepar pênis de ‘colega’ e depois tentar cozinhar o órgão

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Um homem, de 48 anos, foi preso após decepar o pênis de ‘colega’ de 56 anos, e em seguida mata-lo dentro do quarto de uma pousada, em Itanhaém, no litoral de São Paulo. O crime ocorreu no dia 28 de agosto, mas somente agora o suspeito foi preso.

Segundo a polícia, o homem contou que estava na pousada com a vítima, ocasião em que consumiram cocaína e a vítima teria tentado manter relações sexuais com ele. Por este motivo eles brigaram e o suspeito decepou o pênis do homem e em seguida o matou.

Ainda segundo o suspeito, após cometer o crime ele tentou limpar o local, mas não conseguiu. Posteriormente ele teve a ideia de arrastar o corpo até a praia. Depois de deixar o corpo na areia, o suspeito fugiu.

O corpo da vítima foi encontrado na praia com sinais de violência, um golpe de faca entre o tórax e o pescoço, além do pênis decepado. Durante as investigações os policiais foram até a pousada e lá encontram manchas de sangue e o órgão genital da vítima dentro de uma panela.

O suspeito foi identificado e preso nesta quinta-feira (9), na casa dele, no município de São Vicente (SP). O suspeito, que já possui antecedentes criminais por diversos crimes, dentre eles furto, roubo, receptação, ameaça e lesão corporal, foi encaminhado à Cadeia Pública.

Leia Também