Homem é preso com quase 1 tonelada de pescado ilegal, no Amazonas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Todo peixe apreendido, espécie pirarucu, será doado para instituições filantrópicas que atuam no Estado.

Um homem de 44 anos foi preso, na última quinta-feira (16), por crime ambiental após ser flagrado com 818 quilos de pescado ilegal. A prisão ocorreu na região do Médio Solimões, em frente ao porto do munícipio de Manacapuru, interior do Amazonas. O delegado Rodrigo Torres, titular da DIP, informou que as equipes de investigação da unidade policial receberam a denúncia na data da prisão, dando conta de que o barco 25 de junho, oriundo de Beruri, estaria transportando pirarucu ilegal na câmara frigorífica da embarcação.

Conforme Torres, desde então os policiais civis passaram a fazer a fiscalização nos barcos que se aproximavam e paravam no terminal pesqueiro daquela localidade, ocasião em que identificaram a embarcação denunciada.

“Revistamos o interior do barco, e localizamos os 818 quilos de pirarucu ilegal escondidos na câmara frigorifica, embaixo de vários tipos de peixes, para dificultar e impedir a fiscalização. O autor, inicialmente, disse que desconhecia como o pescado ilegal havia sido colocado em sua embarcação, porém, mudou sua versão à medida que a equipe policial ia encontrado o material”, relatou o delegado.

O suspeito responderá por crime ambiental por transportar peixe proveniente da pesca ilegal. Ele foi conduzido à DIP para os procedimentos legais, e teve arbitrada fiança no valor de R$ 1.100. Logo após, o mesmo foi liberado e responderá ao processo em liberdade. O material apreendido na ação policial foi doado para instituições filantrópicas.

Leia Também