Ex-capa da Playboy é condenada a oito anos de prisão por tráfico de drogas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A ex-capa da revista Playboy, Pâmela Patera, foi condenada a oito anos de prisão pelo crime de tráfico de drogas e associação. Segundo as investigações, ela faz parte de uma organização criminosa relacionada ao tráfico de drogas, formada por prostitutas.

O esquema funcionava da seguinte forma: Pantera e as outras garotas de programa ofereciam uma espécie de cardápio sexual aos clientes considerados VIPs. Nele, elas vendiam drogas sintéticas e cocaína.

Pâmela já tinha sido presa em junho e setembro de 2020, mas ganhou direito a prisão domiciliar com uso de tornozeleira. Após ser julgada, a garota de programa deverá cumprir a pena em regime semiaberto.

Leia Também