Chefe da Guarda Municipal é preso no Careiro da Várzea por envolvimento em ataques de facção

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

MANAUS – AM | O chefe da Guarda Municipal do município de Careiro Castanho, no interior do Amazonas, foi preso nesta sexta-feira (25), suspeito de favorecer ataques a prédios públicos registrados na cidade. Os casos aconteceram durante uma onde de ataques registradas em Manaus e em cidades do interior.

A polícia passou a investigar os primeiros ataques registrados e, para a deflagração da operação “Mão de Ferro”, notou que alvos do município haviam recebido informações sobre a ação.

A polícia suspeitou e descobriu que as informações haviam sido repassadas aos suspeitos pelo chefe da Guarda Municipal de Careiro Castanho. Ele foi identificado e um mandado de prisão foi expedido no nome dele.

Ainda segundo o delegado, ele também é suspeito de apagar imagens de câmeras de segurança dos prédios públicos que foram alvos de ataques no município.

Leia Também