Chefão do crime organizado que causava terror em embarcações no AM é preso

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Vanildo Pacheco Rodrigues, foi preso no municípo de Melgaço, no arquipélago do Marajó, no estado do Pará, após investigações apontarem ele como chefe de uma organização criminosa que causava pânico e roubava embarcações nos rios do Amazonas. Ele e seus comparsas ‘piratas de rio’  roubavam embarcações que transportavam combustíveis e revendiam para terceiros. Um prejuízo de quase R$ 5 milhões.O homem chegou na noite desta quarta-feira (30), em Manaus.

“O Vanildo é mentor intelectual de uma organização criminosa que roubava embarcações que transportava combustíveis na nossa região e desviava para outros estados, principalmente, o estado do Pará”, disse o delegado Bruno Fraga, diretor do Departamento de Repressão ao Crime Organizado.

Ainda conforme o delegado, a ação dos criminosos era bastante violenta. “Eles entravam agrediam a tripulação. Colocavam eles em cárcere e roubaram os conbustíveis, repassando para os receptadores”.

Mais informações serão reveladas durante coletiva de imprensa nesta quinta-feira (1).

Leia Também