Cabo da PM suspeito de matar sargento Tiago é liberado após prestar depoimento na DEHS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
A Polícia Civil informou que mais informações sobre o caso ainda não serão repassadas para não atrapalhar o trabalho investigativo.

Após se apresentar espontaneamente com um advogado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o cabo da Polícia Militar (PM), Jean Nascimento, suspeito de ter matado o sargento Tiago Jorge de Jesus Melo, na madrugada desta quarta-feira (29), prestou depoimento e em seguida foi liberado.

Jean se apresentou na tarde de hoje e ainda durante a tarde, ele chegou à DEHS em uma viatura descaracterizada e após prestar depoimento, foi liberado e saiu da delegacia pela porta lateral.

Não há informações sobre a situação do cabo da PM, como se ele foi  liberado para responder pelo crime em liberdade, ou se foi encaminhado para o Batalhão da Polícia Militar.

A Polícia Civil informou que mais informações sobre o caso ainda não serão repassadas para não atrapalhar o trabalho investigativo. A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), informou que o suspeito já foi afastado de suas funções.

Entenda o caso

O cabo da PM é suspeito de ter efetuado os tiros que mataram o sargento na vila onde a vítima morava, no bairro Petrópolis, na zona Sul da capital. Tudo teria começado quando o sargento chegou ao local e, por estar sem as chaves, decidiu pular o portão.

Com isso, ele acabou amassando um veículo que estava estacionado no local. A partir daí iniciou-se uma discursão, ocasião em que o cabo teria chegado e atirado no colega de farda.

A esposa da vítima estava presente e disse que marido já estava tentando apaziguar a confusão quando foi alvejado.

Leia Também