Blogueirinhas de luxo são presas e ficam viúvas após namorados trocarem tiros com a PM

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Dois homens identificados como Agnaldo Leite da Silva Neto, de 29 anos, e Felipe Augusto Machado Lima, de 28, morreram durante troca de tiros com a polícia, em Jaguaripe, no sul da Bahia. Na ocasião, as namoradas, as influenciadoras digitais, Laylla Cedraz, de 23, e, Adrian Grace, foram presas em flagrante, com quilo de cocaína, dentro da caminhonete que tentavam fugir. O caso aconteceu perto da Pousada Paraíso Perdido, onde os quatro estavam hospedados.

Conforme informação da Polícia, os agentes receberam denuncias que homens estavam andando armados na praia e seguiram para o local, ao chegar foram recebidos a tiros, onde revidaram.

 “Reagimos e, na troca de tiros, eles foram feridos, conduzidos ao hospital do município vizinho de Nazaré das Farinhas, mas não resistiram”, contou o coronel. Segundo Assemany, as influenciadoras digitais, identificadas como Laylla Cedraz e Adrian Grace, que acompanhavam os dois homens, não se encontravam na praia, mas estavam na pousada. Ao perceberem a presença dos policiais, tentaram fugir utilizando uma caminhonete, mas foram alcançadas e presas. De acordo com o PM, no carro delas foi encontrado um quilo de cocaína.

As mulheres foram levadas para a Delegacia de Santo Antônio de Jesus, onde a ocorrência foi registrada, e ainda estão sob a custódia da polícia. Elas deverão ser apresentadas à Justiça por causa da posse da droga – nenhuma delas tem passagem pela polícia. Em depoimento, Laylla, de 23 anos, informou que namorava Felipe havia pouco mais de seis meses.

Já Adrian se relacionava com Agnaldo há cerca de um ano. Ela sabia sobre o envolvimento do rapaz com o crime, mas afirmou desconhecer todo o histórico do namorado, apontado pela polícia como chefe do tráfico de drogas na cidade de Feira de Santana, segundo maior município da Bahia.

Leia Também