Autista de 12 anos é estuprado por idoso de 74 anos que já matou criança de 10, em Manaus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Um idoso de 74 anos, dono de um restaurante, foi preso na manhã desta quarta-feira (1º) suspeito de estuprar um adolescente autista de 12 anos. Segundo a Polícia Civil, o homem foi preso no bairro Colônia Antônio Aleixo, Zona Leste, onde ele cumpria prisão domiciliar pelo homicídio de uma menina de 10 anos.

O suspeito é ex-patrão da mãe da vítima e vizinho da família. O estupro foi descoberto após o garoto dar entrada no hospital com fortes dores abdominais. Ele havia chegado da escola se queixando e passando mal.

No atendimento, o médico informou que ele havia sido violentado e acionou a polícia. Foi quando o adolescente acabou relatando que havia sido o idoso. Segundo ele, o abuso teria sido cometido outras vezes, informou a delegada Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada na Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

Em um dos episódios, a vítima contou que após ser estuprado, o homem lhe deu R$ 11 para comprar pão de queijo. Disse ainda que era comum ele dar valores e presentes.

O idoso foi preso em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável e exploração sexual de adolescente vulnerável, já que o menino é autista.

Na delegacia, a polícia descobriu ainda que ele já era condenado por um homicídio de uma menina de 10 anos. Como o crime foi praticado quando ele tinha mais de 60 anos, não pôde ficar na prisão em regime fechado.

A delegada não descarta que mais outras vítimas tenham sido feitas por ele e as investigações irão continuar.

Leia Também