Após prisão de suspeito confesso, filha posta homenagem à mãe assassinada: ‘Justiça’

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Após receber a notícia da prisão de Caio Claudino de Souza, de 25 anos, nesta terça-feira (31), suspeito que confessou ter matado a funcionária federal Silvanilde Veiga a facadas, a filha, que encontrou o corpo dela no apartamento, Stéphanie Veiga, postou nas redes socais uma foto com as duas onde escreveu na legenda: “Deus sempre no comando”, na descrição da imagem ela colocou a palavra, “Justiça”.

O vigilante foi preso após câmeras de segurança do prédio onde a vítima morava registrar a saída do homem com a roupa suja de sangue momentos depois do crime.

De acordo com informações da Polícia Civil, Caio não era funcionário do local e estava somente dando apoio a equipe de segurança, jpa que no local, estava acontecendo duas festas.

Ao chegar na sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Caio contou que o crime “foi um acidente e que estava travado de pó” e ao sair, pediu “desculpa”.

Na porta do Instituto Médico Legal (IML), ele voltou a falar com a imprensa, e ressaltou que aplicou somente uma facada na vítima e não 12 como confirma o laudo da perícia.

Ele vai responder por latrocínio (roubo seguido de morte), já que ele confessou que também pegou aparelho celular de Silvanilde, porém, minutos depois jogou fora.

Leia Também