Anestesista monstro tem prisão convertida em preventiva

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O médico anestesista Giovanni Quintella Bezerra, de 31 anos, teve sua prisão convertida de flagrante para preventiva na tarde desta terça-feira (12). Ele foi preso, em flagrante, pelo estupro de uma mulher na hora do parto, gravado pela equipe de enfermagem que já estava desconfiando dele.

Giovanni foi encaminhado ao presídio Pedrolino Werling de Oliveira (Bangu 8), no Complexo de Gericinó, onde está sozinho em uma cela. Ele é investigado pelo menos por mais cinco estupros a pacientes.

Após conclusão do inquérito policial ele será entregue ao Ministério Público que decidirá se seguirá com denúncia e pela manutenção da prisão.

Leia Também