Amigas manauaras podem ter sido envenenadas, aponta laudo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

As amigas manauaras Júlia e Claúdia, podem ter sidos envenenadas, aponta laudo preliminar. Segundo as informações, as autoridades ainda buscam entender porque as declarações do dono da casa noturna, onde Júlia e Claúdia passaram, possuem tantos conflitos. As informações são do R7.

Os corpos das jovens ficarão à disposição da polícia até que todos os exames comprobatórios sejam feitos.

Relembre o caso

Julia Renata Garcia Rafael, de 26 anos, e Claudia Cristina, de 35 anos, desaparece ao sair de uma festa, no último dia 3 de junho, uma quinta-feira. A festa Paraíso na Laje, ocorreu em um edifício localizada na rua Silveira Sampaio, no bairro do Morumbi, próximo à comunidade de Paraisópolis.

Segundo as investigações, a festa terminou por volta das 4h, momento em que as duas desligaram o celular ao mesmo tempo e não foram mais vistas. As amigas já moravam em São Paulo, mas não teriam parentes na cidade.

No dia do sumiço, uma amiga teria conversado com Cláudia por mensagem, e a mesma teria informado que já estava aguardando uma van para voltar para casa, no entanto o celular foi desligado e não houve mais contato.

Leia Também