Agricultor vai à delegacia denunciar tentativa de homicídio e acaba preso por estupro

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Um homem de 21 anos que trabalha na roça, foi preso após procurar uma delegacia para registrar um Boletim de Ocorrência, ele afirmou ter sofrido uma tentativa de homicídio. Porém, acaboi preso suspeito de estuprar a própria prima, uma menina de 11 anos. O caso aconteceu em Roraima.

De acordo com a Polícia Civil, o agricultor relatou que havia sido “”agredido fisicamente a pauladas e terçadas na Comunidade Indígena onde está morando atualmente”. No entando, havia um pedido de prisão aberto contra ele.

“O acusado é primo da vítima, e, no dia dos fatos, seguiam de bicicleta da Comunidade Indígena onde moram para a sede do município e, no trajeto, ele teria puxado os braços da vítima, dado uma mordida em seu pescoço e pedido para ela tirar a roupa para que ele tocasse os seios dela, todavia, a vítima conseguiu fugir. O acusado ainda teria ameaçado matar a vítima e seus familiares caso ela contasse algo”, disse o delegado Rodrigo Gomides.

Além de estupro, o homem também é suspeito de ter matado um colega de trabalho e ocultado o cadáver. O crime teria ocorrido no ano de 2020, quando foi condenado à pena de 6 anos e oito meses de reclusão.

Leia Também