Adolescente morre com tiro na cabeça durante operação policial para prender “Mano Kaio”

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

RIO DE JANEIRO| Durante a operação ‘Coalizão pelo Bem’ no Rio de Janeiro nesta sexta-feira (18), um adolescente de 16 anos, foi morto após ser baleado dentro de sua casa, no Morro da Fé, no Complexo da Penha, na Zona Norte.

A operação que reuniu policiais do Rio, do Pará e do Amazonas e contou com o apoio da Polícia Militar do Rio, tinha intuito de prender um dos chefes do tráfico do Comando Vermelho, o “Mano Kaio” que foi apontado como mandante dos ataques em Manaus, no último dia 6 de junho.

Segundo informações, Thiago da Conceição estava dentro de casa quando foi baleado na cabeça, mas a polícia nega que ele tenha sido atingido durante a operação. A vítima chegou a ser levada para o Hospital Getúlio Vargas, também na Penha, por parentes e vizinhos, mas não resistiu. A mãe de Thiago chegou a precisar de atendimento médico ao receber a notícia.

“Com relação específica ao adolescente baleado, a gente não tem todas as informações. Isso será objeto de uma investigação. No local onde ele foi baleado, não havia nenhum policial naquela localidade. Eles perceberam um tumulto à distância, e obtiveram a informação que o adolescente tinha sido baleado ” Rodrigo Oliveira, subsecretário operacional do RJ.

Até 9h30 desta sexta, 17 suspeitos tinham sido presos na Operação sendo 8 em Manaus, 7 no Rio de Janeiro e 2 em São Paulo. Entre os presos no Rio de Janeiro, 2 são amazonenses e 4 são Paraenses. A polícia investiga se chefes de facções de outros estados também se esconderam no complexo da Penha. “Mano Kaio”, continua foragido.

Leia Também