Publicidade

Polícia prende golpista de R$ 63,5 mil dentro de banco na Djalma Batista

Facebook
Twitter
WhatsApp

A polícia prendeu Carlan Rocha Arruda, de 37 anos, em Manaus, acusado de dar um golpe de R$ 63,5 mil com RG falso.

ADVERTISEMENT

O delegado Adriano Félix, titular do 22° Distrito Integrado de Polícia (DIP), o suspeito aplicaria o golpe em uma agência da Djalma Batista.

“Esse indivíduo fez três empréstimos, sendo dois consignados e um normal, em nome de um idoso de 60 anos, por meio de uma instituição de benefícios previdenciários. Ele usou um documento falso para conseguir os empréstimos, que somados estão avaliados em R$ 63,5 mil”, disse.

O suspeito fez 20 saques e oito transferências via pix, num total de R$ 30 mil.

“O homem, ao notar que sua conta havia sido bloqueada, resolveu ir até a agência da Djalma Batista para tentar sacar o restante do dinheiro. No entanto, os funcionários também desconfiaram da movimentação do indivíduo e nos acionaram, ocasião em que efetuamos a sua prisão em flagrante”, contou.

“Ele confessou que haviam outros dois envolvidos no crime. Vamos trabalhar para descobrir como ele conseguiu cadastrar a biometria se passando por outra pessoa, bem como teria sido a emissão do documento que estava utilizando. Cabe ressaltar que a pessoa idosa, com o nome na identidade, também é vítima do golpe”, disse o delegado, relatando que o indivíduo usava biometria para saque.

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!