PM morto no dia do aniversário do filho chegou a escrever ‘Parabéns. Te amo’ nas redes sociais

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

De plantão no último domingo (11), o policial militar Caio Cezar Lamas Cordeiro, de 31 anos, morreu ao ser baleado no mesmo dia em que o filho completou 10 anos de idade. Ele levou um tiro durante confronto com criminosos na comunidade da Tirol, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Caio Cezar foi baleado no braço e no pescoço. Ele chegou a ser socorrido e encaminhado ao Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo a Polícia Militar, equipes do do 18º BPM (Jacarepaguá) foram recebidos a tiros quando chegaram na rua Timboaçu, próximo à comunidade, para checar denúncias de que um grupo estaria armado.

Como estava de plantão, Caio publicou nas redes sociais, por volta das 4h, que o filho estava fazendo aniversário naquele dia.

“Parabéns meu filho. Te amooooo”, escreveu o policial, que deixa esposa e filhos.

A Secretaria de Estado de Polícia Militar lamentou a morte do soldado. Lamas Cordeiro tinha 31 anos, ingressou na Corporação em outubro de 2018 e era lotado no 18º BPM.

Leia Também