Paulo Bento deixa o comando da Coreia do Sul após eliminação para o Brasil

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O técnico da Coreia do Sul, Paulo Bento, se demitiu após a goleada de 4 a 1 do Brasil nesta segunda-feira (5). O ex-técnico do Cruzeiro disse que já havia tomado a decisão em setembro e ontem a tornou pública aos atletas.

“O Brasil foi melhor. Nossa estratégia era de tentar ter algum controle do jogo e não deixar o jogo ir com ritmo demasiado forte. Mas a eficácia do Brasil dificultou muito a nossa tarefa. Mas creio que aquilo que fizemos no Mundial foi motivo para me deixar orgulhoso. Já comuniquei aos jogadores e ao presidente. Vou descansar. A decisão estava tomada em setembro”, afirmou Paulo Bento, após o jogo.

Após o duelo desta segunda-feira, o treinador português parabenizou o Brasil pela vitória e exaltou a postura dos atletas da Coreia do Sul durante a Copa do Mundo.

“Já sabíamos que íamos enfrentar um time muito bom, muito forte. Tomamos o primeiro gol muito cedo, nossa tarefa se tornou um pouco mais complicada. Depois disso, o segundo gol foi o mesmo, cada vez que o Brasil chegava no nosso gol, eles marcavam. No segundo tempo, o time mostrou um esforço fantástico, mas o Brasil jogou de maneira diferente. Parabéns ao Brasil pela vitória e parabéns aos meus jogadores pela Copa do Mundo que eles fizeram”, afirmou.

Essa foi apenas a terceira vez que a Coreia do Sul chegou às oitavas de final da Copa do Mundo. Em 2002, os sul-coreanos passaram de fase diante da Itália e, em 2010, foram eliminados pelo Uruguai.

 

Leia Também